OPINIÃO PRÓPRIA III
OPINIÃO PRÓPRIA III
 
PRIMEIRA PÁGINA
OPINIÃO PRÓPRIA
OPINIÃO PRÓPRIA II
OPINIÃO PRÓPRIA III
OPINIÃO PRÓPRIA IV
OPINIÃO PRÓPRIA V
APRENDA A FISCALIZAR
TCESP/PARECERES
FORUM DE SÃO PEDRO I
FORUM DE SÃO PEDRO II
FORUM DE SÃO PEDRO III
FORUM DE SÃO PEDRO IV
AUDITORIAS I
ARQUIVO I
ARQUIVO II
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/F
COMPRAS&CONTRATOS/M
COMPRAS&CONTRATOS/A
COMPRAS&CONTRATOS/M
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/A
COMPRAS&CONTRATOS/S
COMPRAS&CONTRATOS/O
COMPRAS&CONTRATOS/N
COMPRAS&CONTRATOS/D
INEXPLICABILIDADES I
INEXPLICABILIDADES II
INEXPLICABILIDADES III
INEXPLICABILIDADES IV
INEXPLICABILIDADES V
INEXPLICABILIDADES VI
INEXPLICABILIDADES VII
INEXPLICABILIDADES VIII
INEXPLICABILIDADES IX
INEXPLICABILIDADES X
ALERTAS TCESP/2009
ALERTAS TCESP/2010
TCESP/AVALIAÇÕES 2011
A MANIPULAÇÃO I
A MANIPULAÇÃO II
A MANIPULAÇÃO III
A MANIPULAÇÃO IV
INTERROGANTES I
INTERROGANTES II
E EM ÁGUAS QUANDO? I
E EM ÁGUAS QUANDO? II
E EM ÁGUAS QUANDO? III
E EM ÁGUAS QUANDO? IV
E EM ÁGUAS QUANDO? V
E EM ÁGUAS QUANDO? VI
E EM ÁGUAS QUANDO? VII
E EM ÁGUAS QUANDO?VIII
NOTINHAS OFICIAIS II
NOTINHAS OFICIAIS I
NOTINHAS OFICIAIS III
NOTINHAS OFICIAIS IV
NOTINHAS OFICIAIS V
NOTINHAS OFICIAIS VI
NOTINHAS OFICIAIS VII
NOTINHAS OFICIAIS VIII
NOTINHAS OFICIAIS IX
NOTINHAS OFICIAIS X
NOTINHAS OFICIAIS XI
CORRUPTOLOGIA NATIVA
ADIVINHAÇÕES I
imagen
imagen
imagen
Os postes que podem ser também símbolos
Águas de S. Pedro está obrigada a ser original!
Não é difícil encontrar turistas sendo fotografados ao lado de uma figura etilizada, mas simpática, na entrada do Restaurante SBORNIA, em Águas de São Pedro.
Queiram uns e o neguem outros, a verdade é que esse peralvilho esta sendo transformado em símbolo bisonho da cidade.
Ele – vale ressaltar aqui o fato – é resultado da iniciativa privada, enquanto a administração pública vive patrocinando um calendário turístico do tamanho dos sete anões da Branca de Neves, seguramente por conta de verbas acanhadas.

Águas de São Pedro, duramente castigada pelas chuvas deste verão, merece encontrar uma saída urgente para suas aflições financeiras, o que exige, por sua vez, a rápida aliança entre a criatividade e a Prefeitura.

Como solução – uma das muitas possíveis – a implantação de uma série de postes públicos que possam enaltecer nossas águas medicinais, nossos usos e costumes e que, além da utilidade pública que lhes possam ser inerentes, marquem na mente dos visitantes o diferencial de nossa cidade.
Alguns exemplos estão reproduzidos aqui; resta adotá-los a nossos interesses turísticos.
E que possam ser lembrados Brasil afora, como outra marca registrada de Águas de São Pedro!

14/03/2011
imagen
imagen
imagen
imagen
imagen
imagen
A importância da motivação
Quando a mesa é o documento de identidade do usuário
Esta é uma história já encanecida.
Próxima de comemorar os oito anos de idade.
Foi implantada no JORNAL DO DIA, como uma técnica capaz de apontar erros e deslizes na atividade profissional, mas com a finalidade de melhorar ao extremo a qualidade das informações a serem divulgadas.
imagen
Quando se deu a conhecer à Redação no que consistia, muita desconfiança, sorrisos mal contidos, quando não sarcasmo.
-Que idéia maluca é essa de trocarem a mesa de quem não se enquadre nas expectativas?

A apresentação formal da proposta não foi nada convencional.
Junto com o verso e prosa dos diretores, a exibição dos modelos das mesas que se sugeriam.
Eram três.
imagen
A primeira simulando um cachorro e indicaria o espírito profissional de lealdade à ética, ao jornal e à verdade.
A segunda representava um avestruz, em diversas cores, do preto ao vermelho, dedicada aos que, cometido o insucesso, recorreriam às técnicas evasivas, tais como a ocultação, o despiste ou a transferência do fracasso, pura e simples, a terceiros.
A última, que chegou a funcionar como alegoria de ‘aviso prévio’, representava um quadrúpede sem o inevitável rabo. Era o símbolo daqueles que agiriam sem escrúpulos, sem medir as conseqüências, quase sempre atrás do espalhafato ou, o que era pior, coletando processos por danos morais.
imagen
Nas primeiras semanas em que vigorou esta singularidade, a maioria – ou teria sido a totalidade? - dos redatores, repórteres e fotógrafos se sentiu ofendida em sua sensibilidade profissional.
O que não dizer dos que foram obrigados a trocar de mesa, mesmo que tenha sido de forma temporal?
Após seis meses, depois da saída ‘voluntária’ dos atingidos com as mesas ‘sem cabeça e sem rabeira’, o número de trocas despencou.
Dois anos após, as ocorrências eram fortuitas e tão fortuitas ficaram que a Redação ficou inundada por uma pesada nostalgia.
Tão acachapante ficou a situação que, a boca pequena, se cochichava que algum que outro colega iria tentar se deixar apanhar por algum fato ‘desabonador’, simplesmente para reviver tempos que nunca mais voltarão.
E que não nos esqueçamos de lembrar que, desde há cinco anos, ninguém se engalfinhou conosco a ponto de levar o JORNAL DO DIA às barras da Justiça!

Hoje estamos pensando em transferir estas mesas – ainda em bom estado - sem ônus a quem se proponha implantar esta tecnologia de Relações Humanas, salvo o eventual frete.
É hora de aproveitar.

09/03/2011
imagen
Hora do Prefeito de Águas aceitar a sugestão!
Esta crônica foi divulgada hoje no JORNAL DO DIA, em sua seção BIZARROS LATINOS I (http://www.jornaldodia03.galeon.com/productos2496350.html).
É questão de se perguntar, por que o Prefeito de Águas de São Pedro não aceita a idéia: peça as mesas e as passe a usar imediatamente, entre seus mais próximos colaboradores.
Já há candidatos ao modelo ‘sem cabeça e sem rabo’.
Como explicar, justificar ou interpretar a mudez da página oficial do Município que divulgaria sua última nota informativa na Quinta-feira dia 17 de Fevereiro, às 12:41:07, com o título “Equipe de dança de Águas de São Pedro se prepara para JORI 2011 com muito samba no pé e alegria?”

Transcorridos 20 dias consecutivos, seus internautas continuam sem conhecer a palavra oficial sobre a delicada situação da cidade, após o derrube da ponte sobre o rio Araquá.

09/03/2011
imagen