INEXPLICABILIDADES X
INEXPLICABILIDADES X
 
PRIMEIRA PÁGINA
OPINIÃO PRÓPRIA
OPINIÃO PRÓPRIA II
OPINIÃO PRÓPRIA III
OPINIÃO PRÓPRIA IV
OPINIÃO PRÓPRIA V
APRENDA A FISCALIZAR
TCESP/PARECERES
FORUM DE SÃO PEDRO I
FORUM DE SÃO PEDRO II
FORUM DE SÃO PEDRO III
FORUM DE SÃO PEDRO IV
AUDITORIAS I
ARQUIVO I
ARQUIVO II
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/F
COMPRAS&CONTRATOS/M
COMPRAS&CONTRATOS/A
COMPRAS&CONTRATOS/M
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/A
COMPRAS&CONTRATOS/S
COMPRAS&CONTRATOS/O
COMPRAS&CONTRATOS/N
COMPRAS&CONTRATOS/D
INEXPLICABILIDADES I
INEXPLICABILIDADES II
INEXPLICABILIDADES III
INEXPLICABILIDADES IV
INEXPLICABILIDADES V
INEXPLICABILIDADES VI
INEXPLICABILIDADES VII
INEXPLICABILIDADES VIII
INEXPLICABILIDADES IX
INEXPLICABILIDADES X
ALERTAS TCESP/2009
ALERTAS TCESP/2010
TCESP/AVALIAÇÕES 2011
A MANIPULAÇÃO I
A MANIPULAÇÃO II
A MANIPULAÇÃO III
A MANIPULAÇÃO IV
INTERROGANTES I
INTERROGANTES II
E EM ÁGUAS QUANDO? I
E EM ÁGUAS QUANDO? II
E EM ÁGUAS QUANDO? III
E EM ÁGUAS QUANDO? IV
E EM ÁGUAS QUANDO? V
E EM ÁGUAS QUANDO? VI
E EM ÁGUAS QUANDO? VII
E EM ÁGUAS QUANDO?VIII
NOTINHAS OFICIAIS II
NOTINHAS OFICIAIS I
NOTINHAS OFICIAIS III
NOTINHAS OFICIAIS IV
NOTINHAS OFICIAIS V
NOTINHAS OFICIAIS VI
NOTINHAS OFICIAIS VII
NOTINHAS OFICIAIS VIII
NOTINHAS OFICIAIS IX
NOTINHAS OFICIAIS X
NOTINHAS OFICIAIS XI
CORRUPTOLOGIA NATIVA
ADIVINHAÇÕES I
imagen
imagen
imagen
imagen
1ª tese de doutoramento apenas sobre Águas:
"A onomástica no discurso publicitário turístico das estâncias hidrominerais - ÁGUAS DE SÃO PEDRO, um estudo"
Depois de semanas com tantos dissabores, incluído o afastamento temporário por vinte dias da autoridade municipal, para tratamento de saúde e repouso em Alterosa, Minas Gerais, onde presenciaria o “Segundo Encontro Folclórico do Cavaco”, no dia 24 de julho, nada melhor, para recompor as energias, do que saber que Águas de São Pedro foi o núcleo de uma importante tese de doutoramento.
imagen
Flagrantes do 2º ENCONTRO FOLCLÓRICO DO
CAVACO, em Alterosa, Minas Gerais e que contou
com a presença do Prefeito de Águas de São
Pedro, durante seu último afastamento
Sua autora: Maria da Penha Marinovic Doro, e como orientadora a Profª. Drª. Maria Vicentina de Paula do Amaral Dick.
A banca examinadora esteve integrada pelos Profs. Drs. Liana Maria Sálvia Trindade (FFLCH), Rachel Mizrahi (UNINOVE), Yara Nogueira Monteiro (IS) e Ana Maria Marques Camargo Marangoni (FFLCH).
A defesa foi levada a termo no dia 25 de Fevereiro deste ano, no Salão Nobre do prédio da Administração da FFLCH, na Rua do Lago, 717, em São Paulo.

A autora, aprovada com méritos, em sua introdução explica o que intentou com sua tese:
imagen
“Esta pesquisa tem como objetivo estudar a importância dos nomes próprios (topônimos e corônimos) no discurso publicitário das estâncias hidrominerais para divulgar suas potencialidades turísticas. O topônimo utilizado pela indústria turística pode tornar-se o nome de um produto. Para estudar o discurso publicitário turístico e para analisar o topônimo como uma marca, pesquisamos a relação entre turismo, espaço e topônimo. Para essa análise, escolhemos a estância hidromineral Águas de São Pedro, localizada no estado de São Paulo. Realizamos pesquisa documental e de campo, entrevistando familiares do denominador, moradores, hoteleiros e turistas. Estudamos também o desenvolvimento histórico do lugar, suas denominações incluindo seus bairros, vilas, logradouros e suas motivações toponímicas. Através do estudo onomástico, levantamos nomes de corônimos como as denominações dos hotéis do município de Águas de São Pedro, seus atrativos turísticos e a relação entre os nomes dos hotéis com o nome da cidade. Portanto, por meio de estudos teóricos interdisciplinares, buscamos mostrar como o nome do lugar é tratado como marca no discurso publicitário turístico”.
imagen
Em seu extenso e minucioso conteúdo há dezenas de fotografias de sua história e menção de nomes de cidadãos de Águas de São Pedro.
Talvez o seu esteja lá.

Eis, por fim, um trabalho que reverencia com admiração e deferência – e sem bisbilhotices - a verdadeira biografia de uma cidade predestinada, a que se fez respeitar e admirar: Águas de São Pedro.

08/09/2011
imagen
imagen
TEXTO DA TESE DE DOUTORAMENTO
.
imagen
imagen
Ao Prefeito, um pedido
comparta com os aquapedrenses suas habilidades em nutrição!
O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO (TCESP), como já comprovamos na primeira parte desta série dedicada a esmigalhar seus despistes, tanto pode levar os cidadãos que freqüentam seu ambiente de trabalho ou seus relatórios a conclusões intempestivas, quando não temerárias.
Hoje rondaremos alguns canais que podem amalucar o contribuinte, ao ser obrigado a imaginar o que não deve e a acreditar no que não pode.
imagen
Para exercitar o leitor, nada é mais recomendável do que alguns exercícios prévios, com a função de requentar o ambiente.
Perguntamos, imaginam qual dos prefeitos da região está a ponto de conquistar o título de sovina brasileiro?
Ou o Prefeito de Águas de São Pedro seria um dos protótipos nacionais em programas de emagrecimento forçado?
Pois estas duas respostas e dezenas de outras, o TCESP oferece aos paulistas de maneira enrustida, ainda que muitas vezes longe, mas muito longe, da veracidade.

E uma explicação devida, nos momentos em que iniciamos uma aventura pelo mundo da economia doméstica, a de que o Prefeito nos acompanhe e, se estiver disposto, contribua com sugestões práticas, para alcançar no seio das famílias aquapedrenses o prodigioso rendimento conseguido pela sua administração na apetitosa alimentação diária de nossos 808 escolares, sempre segundo o observador TCESP.
imagen
No passado mês de Dezembro, a Prefeitura de Águas de São Pedro efetuou uma série de pagamentos à Panificadora Ramos, de São Pedro, pelo fornecimento de pães.
O faria através de três empenhos:
(1) No dia 16 de Dezembro, sob o número 1202/2010 e no valor de R$ 7.038,44.
(2) No dia 30 de Dezembro, sob o número 4282/2010 e no valor de R$ 4.102,28.
(3) No mesmo dia 30 de Dezembro, sob o número 4284/2010 e no valor de R$ 4.700,76.
Segundo consta no texto que os acompanha são pães destinados Á MERENDA ESCOLAR.
O valor global alcança R$ 15.841,48.
É recomendável esclarecer que este acúmulo pode ser consequência do pagamento de pendências de algum mês anterior.
Para evitar a congestão do leitor, com números, dados e que tais, decidimos, para comprovar a fantástica eficiência desta administração municipal em alimentar nossos escolares, escolher este único fornecedor, sem nos preocupar com os recheios dos pães.
O valor pago se aproxima dos R$ 20 por aluno.
imagen
Pois bem, o TCESP, e aqui está o terrível impasse, em seu relatório titulado GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA EDUCAÇÃO – 2010, alega que as despesas anuais foram de fantásticos R$ 282,53.
Repetimos: de unicamente R$ 282,53 dando a média por escolar de R$ 0,32!!!

Nestas circunstâncias deprimentes, um alucinado, de posse de uma informação ‘oficial’ desta envergadura, poderia arremeter contra a Prefeitura acusando-a de corrupta e inclusive representar junto do Ministério Público para apurar esta barbaridade gastronômica.

O TCESP, em sua política de ‘transparência’ está cometendo inúmeros erros que mal repara.

A próxima aventura desta REVISTA DE ÁGUAS DE SÃO PEDRO será fuçar um outro despiste do TCESP, agora o relacionado com a despesa com o transporte de estudantes.

Horroroso!

08/08/2011
imagen
imagen
Prêmio TCESP de Sovina em alimentação
Ao Prefeito do município de São Pedro, Dr. Eduardo Modesto
Segundo o relatório GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA EDUCAÇÃO – 2010, de responsabilidade do TCESP, o Município de São Pedro despendeu neste item a cifra de R$ 486,40 entre 3988 escolares, resultando a média de R$ 0,12 por aluno/ano letivo.

08/08/2011
imagen